afinal-quais-sao-os-beneficios-do-outsourcing-de-ti-para-sua-empresa.jpeg

Afinal, quais são os benefícios do outsourcing de TI para sua empresa?

O papel da Tecnologia da Informação (TI) no ambiente corporativo é indiscutivelmente estratégico. Para muitas empresas, entretanto, falta espaço e/ou orçamento para criar um setor específico para ela. Existem, ainda, as companhias que a veem apenas como um setor operacional, responsável pela compra e manutenção de equipamentos.

É preciso enxergar nela o potencial de impulsionar o crescimento do negócio. O outsourcing de TI, com seu excelente custo-benefício, pode ajudar. Em geral, as pessoas usam os termos terceirização e outsourcing como sinônimos, mas existe uma diferença sutil entre eles: é importante entendê-la antes de se aprofundar no processo em si.

Terceirização e outsourcing

A terceirização é a descentralização de atividades secundárias em relação ao core business (ou seja, à essência do negócio), como limpeza, logística, segurança e outras, por exemplo. Já o outsourcing é a terceirização de serviços em áreas com grande influência estratégica para a organização, como força de vendas, finanças e TI.

Assim, no outsourcing de TI, o serviço é terceirizado para uma empresa especializada. Ou seja, o trabalho fica nas mãos de profissionais treinados e a contratada oferece suporte de infraestrutura de informação dedicado, com o objetivo de cuidar desse trabalho em nome da companhia contratante.

Para quem quer otimizar os serviços de TI da organização, o outsourcing é uma opção que oferece vários benefícios. Neste post, vamos falar sobre as vantagens competitivas que ele pode trazer para a sua empresa. Confira!

Foco no negócio

O grande desafio das corporações hoje é a busca por inovação e competitividade. Quando contrata um serviço de outsourcing de TI, a empresa torna-se mais eficiente, ágil e flexível e, assim, os gestores podem manter os colaboradores nas atividades mais importantes para a organização.

Com a TI nas mãos de profissionais qualificados para resolver os problemas sempre que necessário, a organização pode manter o foco no que é realmente importante para o negócio. Ou seja, o outsourcing permite que o tempo e os esforços dos colaboradores sejam melhor aproveitados.

Eficiência, agilidade e qualidade

Quando as preocupações com gestão e manutenção de infraestrutura, atualizações de software e contratação de mão de obra especializada são eliminadas, a equipe tem mais tempo para desenvolver produtos inovadores e de maior qualidade.

Paralelamente, o outsourcing é voltado a KPIs (Key Performance Indicators, indicadores-chave de desempenho) e, em geral, promove soluções ágeis, eficientes e adequadas à empresa. Isso permite que problemas sejam resolvidos em tempo hábil (ou identificados antecipadamente) para que o fluxo de trabalho da empresa não seja prejudicado.

Produtividade

Uma das grandes vantagens competitivas de adotar um serviço de outsourcing de TI é conseguir identificar os processos e atividades que têm potencial para serem automatizados ou melhorados com o uso de tecnologia. Assim, será possível tornar o empreendimento mais eficiente nas tarefas do dia a dia.

A tendência, então, é que a organização apresente melhores resultados, com melhor qualidade, e atendimento e  entrega mais velozes. Com isso, a gestão do tempo e a produtividade melhoram, elevando os resultados da organização como um todo.

Flexibilidade

Seja em organizações com demandas estáveis, seja em companhias com requerimentos instáveis, é possível contratar planos flexíveis tanto de acordo com os serviços utilizados (sob demanda), quanto por valores fixos mensais.

Como garantia, há a incidência de multas, nos casos de descumprimento dos acordos de nível de serviço (Service Level Agreements — SLAs) ou bônus, quando as metas são atingidas. Essa flexibilidade é um diferencial importante na hora de adequar os recursos.

Redução de custos

Uma das principais vantagens do outsourcing de TI é certamente a redução de custos: como não precisa investir na estrutura do setor, a economia é automática. Afinal, montar e manter um núcleo de TI próprio tem um custo alto, que envolve espaço, equipamentos e profissionais.

Um modelo de outsourcing, além de ser mais flexível, permite que a companhia contrate serviços de TI de acordo com sua demanda. Além disso, a mão de obra é especializada e representa um custo menor do que montar e treinar uma equipe dentro da empresa.

Em outras palavras, é possível terceirizar os recursos humanos, as operações e até a infraestrutura de TI. Com isso, a organização reduz os gastos com a operação sem perder a qualidade, pois terá o expertise de profissionais da área à disposição.

Especialistas

Um dos principais problemas ao criar um setor de TI interno é, justamente, a contratação de mão de obra especializada. São muitas tecnologias, sistemas, ferramentas, marcas e fabricantes convivendo no setor de TI e, nesse cenário, é fundamental ter especialistas que dominem múltiplas plataformas.

Esse perfil profissional é encontrado mais facilmente em empresas especializadas, que geralmente mantêm uma equipe capacitada e atualizada, além de trazerem consigo uma experiência coletiva. O custo é outro diferencial: bem menor do que contratar uma equipe de profissionais diretamente.

Por todos esses motivos, o outsourcing de TI é uma alternativa conveniente. Ele supre todas essas necessidades ao oferecer profissionais experientes para garantir uma gestão mais eficiente e segura do departamento. E, ainda, sem que a empresa precise se preocupar em recrutar, treinar e gerenciar equipes.

Otimização de tempo

Empresas que oferecem outsourcing de TI têm, em geral, pessoal especializado, ferramentas e plataformas atualizadas, e treinamentos contínuos, bem como ambiente de TI seguro, atualizado e funcional 24h por dia, 7 dias por semana.

Além disso, sua experiência em cases de outras empresas contribui para que forneçam soluções qualificadas em menos tempo. Assim, a produtividade da companhia melhora e influencia seus resultados, fazendo que ela seja ainda mais competitiva.

Reputação

O outsourcing de TI traz capacidades que podem ser muito caras para a organização adquirir. Ao participar de uma licitação pública, por exemplo, é possível que sejam exigidas certificações específicas. Caso a empresa não as tenha, isso pode ser suprido pelo fornecedor dos serviços de outsourcing de TI.

Com recursos atualizados, qualidade melhorada e custos controlados, há grandes chances de que a empresa melhore sua reputação no mercado. Nesta era digital em que vivemos, ter uma boa imagem é fundamental para competir em um mercado cada vez mais concorrido.

Metas e métricas

São as métricas que ajudam a direcionar os processos corretamente com o objetivo de atingir as metas estabelecidas. Uma empresa de TI terceirizada fornece relatórios de desempenho e, a partir deles, é possível acompanhar KPIs e medir o retorno sobre o investimento (ROI).

Se você conseguiu esclarecer suas dúvidas sobre outsourcing de TI, compartilhe esta publicação nas redes sociais para que mais pessoas possam lê-la.

Avalie este post!

Comentários

comentários

Juliano da Monitora
Produtor de Conteúdo na Monitora