marketing-e-ti-entenda-a-importancia-da-cooperacao-entre-as-areas.jpeg

Marketing e TI: entenda a importância da cooperação entre as áreas

Você já ouviu falar de automação de marketing? Não? Então saiba que essa é uma ferramenta essencial na cooperação entre marketing e TI.

O marketing, quando devidamente auxiliado por softwares, traz inúmeras vantagens, como mais agilidade no relacionamento com clientes e a manutenção de uma equipe enxuta.

Conheça as vantagens da cooperação entre marketing e TI

O resultado mais notável da união entre as áreas de marketing e TI é a otimização na visão da quantidade de leads do negócio. No entanto, há diversos outros benefícios. Confira:

1. Agilidade das campanhas

Diversos softwares de TI conseguem reproduzir campanhas inteiras, além de gerar templates prontos e muitas outras funções que agilizam o trabalho da equipe de marketing.

E não pense que é por comodismo! Fazer pequenas campanhas pode ser fácil, mas as de grande porte dão bastante trabalho. Uma ferramenta tecnológica pode ser muito útil para agilizar a conversão de leads.

2. Minimização da criação de ferramentas paliativas

Por muito tempo, o marketing não teve suporte suficiente da tecnologia, tendo que fazer, por conta própria, planilhas, emails e grande parte de troca de documentos sem nenhum apoio tecnológico.

Entretanto, a área de tecnologia se interessou pelo marketing e criou diversas ferramentas, conhecidas como Gerência de Marketing Corporativo ou EMM (Enterprise Marketing Management). Elas funcionam como uma plataforma única, que auxilia a criação, o gerenciamento, o acompanhamento e a tomada de decisões na estratégia de marketing.

Além disso, o gerenciamento do cliente pode ser feito por meio de ferramentas inovadoras (implementadas pela TI), como por exemplo apps para dispositivos móveis, que podem divulgar desde informações interessantes da empresa, como também, prestar serviços adicionais aos clientes.

3. Campanhas sociais

As redes sociais são um importante ponto de conexão entre TI e marketing. Diversos softwares são capazes de melhorar a relação de uma empresa com o seu público nesse ambiente, seja por meio da realização de sorteios automatizados — com premiação — ou aprimorando enquetes para conhecer melhor clientes e futuros clientes.

Um dos efeitos colaterais mais benéficos da automatização do marketing em redes sociais é o maior engajamento do seu público-alvo, uma vez que a TI amplia as possibilidades de interação com a marca.

4. Gerenciamento de leads

Entre todas as estratégias do inbound marketing, a automação pode auxiliar bastante no acompanhamento da geração de leads. Fazendo uso de e-mails certeiros para o público, a automatização de processos no marketing faz com que o cliente certo receba o conteúdo que realmente o interessa, sem que, com isso, ele se sinta apenas “mais um” ou tratado como um mero objeto pela empresa.

Automatizar o que o visitante viu no seu site e os seus interesses também é possível pela cooperação da TI com o marketing. Por meio de alguns programas, é possível direcionar — para um possível consumidor — conteúdo personalizado, de acordo com o que ele buscou em seu site ou blog. Além disso, fica mais fácil segmentá-lo, de acordo com dados demográficos, geográficos ou interesses particulares.

5. Sincronização de dados

Os CRM organizam os leads e agilizam o processo de vendas, tornando bem mais rápida a sua conversão para clientes efetivos. Ao organizar esses dados importantes, os Customer Relationship Management não só avisam sobre oportunidades promissoras de negócio, como também informam se o consumidor desistiu ou não da venda. Se estiverem integrados ao setor de vendas, melhor ainda, pois a área de marketing terá acesso direto aos seus potenciais clientes.

Encoraje a cooperação entre marketing e TI

Viu como é importante a ajuda mútua entre essas áreas? A automação do marketing potencializa as vendas online, facilitando os processos e, com isso, economiza tempo. Embora pareça bastante moderna, ela é utilizada há bastante tempo, desde quando as empresas começaram a segmentar seus bancos de dados para ter maior acesso às informações de seus clientes.

Mesmo que a sua empresa seja muito pequena e não conte com uma equipe de TI, pode ser interessante usar algumas ferramentas online para agilizar o processo de vendas, tornando-o mais dinâmico com a tecnologia ou ainda a sua empresa pode fazer outsourcing para o desenvolvimento de software e ferramentas que auxiliem e suportem o seu setor de marketing. Entretanto, se a sua marca tiver as duas áreas, para que trabalhem juntas e de forma harmônica, é fundamental ter algumas estratégias e planejamentos, tais como:

1. Alinhamento de objetivos entre marketing e TI

Na maioria das vezes, pode valer a pena revisar os objetivos estratégicos de TI alinhando-os com os de marketing, de forma que o marketing e TI possam trabalhar juntos, pois o resultado dessa parceria tem tudo para ser excelente.

Para que andem em um mesmo ritmo, é fundamental estabelecer uma linguagem única — sem gírias ou jargões — e aproveitar para corrigir os erros que atrapalham qualquer uma das áreas. Mesmo que seja trabalhoso, os resultados valerão os esforços despendidos.

2. Comunicação e envolvimento

Para que as duas áreas possam se desenvolver, é fundamental ter uma boa comunicação. Por exemplo, muitas vezes o marketing se esquece de avisar da geração de dados dos leads para o setor de TI. Por sua vez, o setor de TI pode não se lembrar de informar detalhes técnicos para o marketing.

É necessário que os dois setores estejam alinhados e comprometidos no objetivo de se ajudarem mutuamente. Tarefas sem contexto ou metas claras podem atrapalhar a motivação e o sucesso da estratégia. Portanto, evite a falta de comunicação entre os setores.

3. Planejamento realista de prazos e qualidade na execução

Não adianta nada um setor apressar o outro sem ter informações bem definidas. Para caminharem juntos, as informações devem ser compartilhadas e os prazos definidos desde o princípio. Afinal, o objetivo de transformar possíveis compradores em reais consumidores é comum a todos.

Mesmo que uma área não entenda muito o que a outra faz, a sua empresa pode promover cursos de curta duração para informar ambos os setores e aumentar a troca de conhecimento entre as áreas.

Além disso, é interessante que as ferramentas produzidas pela TI não somente se atentem aos requisitos que traduzem a estratégia do marketing oferecendo um produto completo e que atenda a expectativa do setor, como também é necessária a garantia de que os requisitos implementados performem de forma correta. Para isto, é importante uma atenção especial nos testes de software que devem ser feitos pela TI, mas também realizados pelo marketing, principalmente em fase de homologação.

4. Sistematização das ações conjuntas

A cooperação entre marketing e TI pode ser sistematizado em três passos, desta forma, o processo todo ficará mais organizado — e também mais dinâmico.

Para começar, conheça todos os possíveis pontos de contato entre a empresa e os leads. Em seguida, automatize todas as tarefas e, finalmente, faça relatórios e confira os resultados dessa estratégia para, depois, corrigir os erros e ampliar os acertos.

Gostou do post? Você quer acrescentar algo sobre marketing e TI em uma empresa? Então deixe o seu comentário com a sua experiência!

Avalie este post!

Comentários

comentários

Marcos Chiodi
Engenheiro de Computação e mestre em engenharia de software pela UFSCar, Chiodi também possui especialização em Administração de Empresas MBA pela USP/Fundace e especialização em EAD pela Uniseb. Além disto também possui diversas certificações nas áreas de gerenciamento de projetos (SCRUM e PMP), TI (ITIL, JAVA) e línguas (ECCP).