quais-as-vantagens-de-um-sistema-customizado-para-empresas.jpeg

Quais as vantagens de um sistema customizado para empresas?

Nos últimos anos, o investimento em sistemas personalizados é uma estratégia que se tornou bem popular entre empresas com processos únicos, ou que buscam meios de otimizar as suas rotinas.

Trata-se de uma estratégia voltada para a criação de aplicações que são desenvolvidas de acordo com as necessidades internas, aumentando a integração do investimento na cadeia operacional do negócio. Assim, a empresa se mantém mais competitiva.

Mas, afinal, quais são os benefícios reais de se investir em um sistema customizado? O que tem feito essa solução ser adotada por tantos negócios? Continue lendo este post e confira as suas seis principais vantagens!

1. Ganho da produtividade

Ter um time que consegue trabalhar com alta produtividade é um objetivo de todas as empresas. E, para atingir essa meta, uma série de medidas podem ser adotadas, como o uso de indicadores operacionais, técnicas de rastreamento de erros e adoção de novos padrões de trabalho.

Nesse cenário, o uso de softwares personalizados também pode ser visto como uma estratégia que maximiza a eficiência do negócio. Uma vez que todos os profissionais tenham sistemas feitos sob medida, o tempo gasto com cada rotina é menor — e todos os recursos ficam mais acessíveis.

Cada funcionalidade é feita de acordo com as atividades dos usuários. Isso torna a ferramenta mais intuitiva, prática e fácil de ser utilizada. Como consequência, o atendimento a demandas de clientes e parceiros comerciais é feito em prazos reduzidos.

2. Acesso a produtos moldados de acordo com as necessidades do negócio

Sabemos que muitas empresas têm processos próprios da sua área. Então, para permitir que tais rotinas sejam executadas com mais eficiência e agilidade, a companhia pode adotar um software personalizado de acordo com as suas necessidades.

A princípio, essa solução dará ao empreendimento uma ferramenta semelhante às que já estão disponíveis no mercado. E muitas de suas funções serão as mesmas de aplicativos tradicionais.

Mas, como o processo de desenvolvimento do aplicativo passou por uma etapa em que as principais rotinas, necessidades e objetivos do negócio foram levantados, a ferramenta contará com uma interface e um conjunto de funções que se encaixam no perfil da companhia.

Isso permitirá que a integração do aplicativo na rotina do empreendimento seja feita com mais agilidade, e uma taxa de erros bem menor. Assim, com um sistema que se adapta ao fluxo de cada área (e não o contrário), a companhia pode adotar uma rotina muito mais eficiente e produtiva.

3. Redução de custos operacionais

Em tempos de crise, manter uma rotina com baixo custo operacional pode ser uma estratégica essencial para a empresa manter elevado o seu nível de competitividade.

Afinal, uma vez que os seus serviços demandem menos recursos financeiros para serem executados, mais pessoas poderão adotar as ferramentas da companhia no seu dia a dia. Além disso, o negócio se destacará entre os seus concorrentes por fornecer soluções que exigem um baixo investimento inicial.

Justamente nesse sentido, o sistema personalizado pode ser visto como um investimento que elimina parte dos custos operacionais da empresa. Isso porque ele é mais integrado à infraestrutura e ao dia a dia de cada setor.

Isso contribui, por exemplo, para que a aplicação seja executada com maior performance do que os softwares tradicionais. Seu nível de compatibilidade com os dispositivos existentes será elevado, o que diminui o número de problemas que causam retrabalho.

Assim, quando a aplicação é mais confiável, o seu uso no dia a dia da empresa tende a ser ampliado. Uma série de serviços utilizarão uma solução de TI que contribui para uma rotina de alta performance, reduzindo custos com a melhoria da qualidade do trabalho e o aumento do seu nível de automação.

Além disso, a redução de custos ainda está atrelada ao processo de contratação da aplicação. Como ela é feita com foco naquilo que é importante para a companhia, não há a necessidade de pagar pelo licenciamento de recursos que não serão utilizados.

E, como consequência, o valor do investimento no novo sistema será reduzido drasticamente.

4. Otimização da rotina interna

A eficiência da rotina interna de uma empresa está diretamente ligada aos seus lucros. Com um sistema personalizado, esse fator pode passar por profundas melhorias, garantindo o máximo de competitividade para o negócio.

Grosso modo, um software personalizado pode ser modificado conforme as tendências do mercado, os projetos internos e as mudanças de objetivos do empreendimento a médio e longo prazo.

Isso garante que a ferramenta sempre tenha as funções que mais importam para os seus profissionais, o que reduz as chances do seu trabalho perder performance em função de aplicações incapazes de atender as demandas internas.

5. Aumento da segurança interna

O sistema customizado pode ser adaptado de acordo com os principais padrões de segurança digital do mercado, bem como as regras e políticas internas da empresa.

Sistemas de autenticação de dois passos, criptografia de dados, backups automatizados e a possibilidade de aplicar regras de acesso para cada usuário são apenas algumas das funções a serem implementadas, de acordo com a necessidade da companhia.

Assim, tenha em mente que as políticas de segurança digitais modernas são feitas com o objetivo de cobrir toda a infraestrutura de TI da empresa. Portanto, os sistemas internos também devem estar incluídos nessas políticas.

Toda ferramenta de TI utilizada pela companhia precisa estar de acordo com as regras corporativas, impedindo o acesso não autorizado a recursos e dados internos — algo que só é possível com o uso de sistemas personalizados.

6. Flexibilização das rotinas internas

Por fim, uma empresa com rotinas flexíveis consegue atender a um número maior de demandas do mercado, aumentando também a velocidade na entrega de resultados. Isso a coloca em vantagem em relação aos concorrentes que usam métodos engessados de trabalho.

Diante disso, o investimento em um sistema customizado pode ser visto como uma forma de eliminar grande parte dos entraves para implementar um fluxo de trabalho inovador, com maior mobilidade e capacidade de resposta às necessidades de clientes e parceiros comerciais.

A aplicação criada poderá contar com módulos online, ou acessíveis por meio de aplicativos mobile, por exemplo.

Além disso, sua estrutura pode ser feita para que os profissionais consigam personalizar a ferramenta de acordo com cada tipo de processo que será executado. Assim, todos os setores poderão se adaptar rapidamente a mudanças internas, agilizando a entrega de produtos e serviços aos consumidores.

Gostou do post? O que achou da nossa lista de vantagens para o uso de um sistema customizado? Conhece alguma que não foi listada? Deixe-nos o seu comentário e divida suas ideias conosco!

Avalie este post!

Comentários

comentários

Juliano da Monitora
Produtor de Conteúdo na Monitora